21 outubro 2013

Dicas de compras no Paraguay

1

Este final de semana fomos visitar meus sogros em Foz de Iguaçu, e claro, não tem como ir à Foz e não dar um pulinho no Paraguay e na Argentina, e é um pulinho mesmo.

Desta vez não comprei nada, bem, um celular porque o meu estava pedindo água e uma bandeja para bar, mas foquei em dois shoppings apenas e conseguimos fugir da muvuca, porque acredite, é muita muvuca mesmo. Então minha dica será para aquelas que como eu tem pavor do tumulto mas não quer perder a chance de economizar alguns reais em produtos que tanto queremos.

Mas já adianto que, se você vai unica e exclusivamente para comprar no Paraguay é possível que não valerá a pena pois o dólar esta alto, somando despesas de viagem, hospedagem e alimentação é provável que saia o mesmo valor ou ainda maior do que nas lojas do Brasil.
Porém, se estiver indo à passeio, inclua Paraguay no circuito porque valerá a pena. Foz é uma cidadezinha que tem como foco o turismo. Tem excelentes hotéis, pousadas e resorts. Bons restaurantes e passeios super legais além dos tradicionais Parque das Aves e Cataratas do Iguaçú. A maioria dos hotéis oferece o serviço de translado para o Paraguay, o que facilita bastante porque é sempre cheio e em períodos de final de ano é absurdamente cheio, atravessar a ponte acaba sendo uma maratona.

Bem, para começar, a travessia da ponte. Se estiver em hotel que ofereça o translado aceite, vale a pena o valor da tarifa pela segurança, afinal, esta cheio de maus elementos na ponte. Mas você pode atravessar a pé mesmo. No nosso caso, as vezes atravessamos com carro do meu sogro que tem placa de Foz, pode parecer bobeira mas existe um respeito maior ao morador, aí deixamos no estacionamento do Shopping Del Leste (já falo dele) mas também já atravessamos a pé, é cansativo na volta com as comprinhas, mas nada tão complicado assim. Neste caso, você deixará seu carro em um dos diversos estacionamentos que tem antes da ponte. Eles cobram em média R$ 15,00 a diária até as 17h, geralmente ficam com a chave do veículo.

Quanto a compras. Bem, eu tenho pavor de multidão, é muita gente. Nunca estive na 25 de março, mas acredite, é mil vezes pior. Então eu e meu marido vamos já com os itens bem definidos que queremos e já vamos direto ao shopping.

O primeiro deles fica logo na entrada da cidade, chama-se Shopping Dell Leste, é bem novo e tem boas lojas, mas é pequeno. Lá você encontra cosméticos, bebidas, decoração, óculos de sol e roupas.
Vai ao Paraguai? Vou deixar aqui algumas dicas de compras, voce vai adorar!

Tem duas lojas lá que são impossíveis de não visitar. Uma é a Casa Bella, é divina. Tem abajur, cristais, artigos para servir, enfim, é uma loucura. Alguns itens (sousplat, guardanapos de tecido, bandejas) são bem em conta, considerando a qualidade. Os móveis são acima do valor da cota, aí você precisa calcular os impostos e ver como levar, mas são lindos. Eu por exemplo fiquei enlouquecida com um aparador de espelho trabalhado que estava U$ 600. Sinceramente não achei tão caro, andei pesquisando em lojas de Curitiba e custam em média R$ 900,00 mas são básicos, ou seja, espelho simples colado sobre uma estrutura de mdf.

A outra loja é a Diva onde tem os lustres de cristal mais lindos que já vi na vida. Os preços são altos, mas ainda assim, são uns 40% mais baratos que o mesmo lustre no Brasil, mesmo com impostos.
Vai ao Paraguai? Vou deixar aqui algumas dicas de compras, voce vai adorar!

Lá eles têm muitas coisas como bandejas, galetos, todo tipo de objetos de decoração, espelhos venezianos, bibelôs, papel de parede. Tudo de diversos valores de U$ 20 a U$ 3000. Para não dizer de lá que só enrolei a vendedora e não saí com nada, comprei uma bandeja de bar revestida de couro por U$ 30, a mesma em lojas daqui de Curitiba estava na faixa de R$ 170,00.

Depois tem outras lojas de bebidas, charutos, jogos (xadrez, cartas, etc...). É um shopping pequeno mas que tem bastante oferta de produtos, principalmente para mulher e para casa. Mas não é forte em tecnologia, então notes, celulares, games e outros é melhor ir nos outros shoppings (Nave e LaiLai por exemplo).
Ah, o estacionamento é cobrado por diária, não tenho certeza mas acho que esta R$ 10,00.

Mais ou menos duas quadras acima no mesmo lado da rua (isso facilita demais porque atravessar ruas naquele lugar é uma aventura) fica o Shopping Monalisa, um paraíso em pleno inferno. Claro que os produtos lá são um pouco mais caros que em shoppings pequenos, mas a diferença se paga (média U$ 20), não dá para acreditar que esta no Paraguay, é um outro mundo.
Vai ao Paraguai? Vou deixar aqui algumas dicas de compras, voce vai adorar!

Este shopping é setorizado por andar, é bem fácil encontrar as coisas lá. Tem andar específico para cosméticos, tecnologia, decoração, etc... e tem um bistrô maravilhoso com piano bar e tudo (eu disse que parece outro mundo) a comidinha é cara, mas trate isso como uma experiencia gastronômica. Foi o que eu disse ao marido para ele me levar almoçar lá rsrs. Eu não me encorajei a comprar nada de decoração neste shopping, explico porque, eles trabalham só com alto luxo (bacarás, tapetes persa, muranos, etc...) então é caro mesmo, seja no Brasil ou no Paraguay. Mas cosméticos, roupas e até mesmo celulares dá para comprar sim, a diferença é pequena de outros shoppings ditos mais baratos.

Bem, essa é minha dica Paraguay Fácil porque se você for corajosa, é só cruzar para o outro lado da rua e encontrará a Loja China que tem de tudo de decoração a moda, eletros de ultima geração e tudo mais. É mais barato que no Brasil com certeza. Tem também o shopping Americana que tem uma loja com o mesmo nome que tem de artigos de pesca a maquiagens, perfumes, brinquedos. Esta é bem fraca de decoração. E outras diversas lojas de rua, mas estas não oferecem produtos de qualidade e os camelos, nem preciso dizer que são falsificados em ultimo grau, não passe nem perto!

Minha mãe diz que comprar no Paraguay é como uma gincana, que você tem que vencer os obstáculos - leia-se multidão, vendedores te oferecendo de "um tudo", sujeira e mal cheiro para no final ter seu produto mais em conta. Eu prefiro o Paraguay Fácil rsrs.

Dicas: não leve crianças, cuide de seus pertences (dinheiro e celular), se for explorar tudo, não leve bolsa porque é super complicado carregar e fácil de ser roubada.
Se atravessou a pé, cuidado com suas comprinhas, infelizmente tem alguns delinquentes que assaltam turistas na ponte. Eu nunca, de forma alguma e hipótese nenhuma pego vans, táxi ou ônibus do Paraguay para voltar, é uma questão de salubridade.

Compra com cartão de crédito internacional lembre-se que a conversão é feita quando vencer a fatura, se levar sorte do solar esta mais baixo terá mais lucro, mas se inverter a história seu produto ficará mais caro do que tinha programado.

O valor da cota por pessoa é de U$ 300 para que esta via terrestre e de U$ para quem estiver de avião. Caso suas compras não ultrapassem estes valores você pode passar direto na ponte sem precisar parar, mas se esta acima, precisa parar na alfândega e fazer a DBA - Declaração de bagagem acompanhada. Neste site aqui você encontra informações sobre regras fiscais.

Bem, de qualquer forma, se for a Foz vale visitar o Paraguay, se não comprar nada, pelo menos vai queimar muitas calorias de tanto andar.

Depois coloco uma dica de comprinhas na fronteira, uma cidadezinha da Argentina que tem uma feirinha maravilhosa, tudo baratinho e delicioso.

Pin It

Eli Martins

Publicitária que gerencia projetos de TI, mãe de gatos, produtora de conteúdo do Encantada e apaixonada por decoração, arquitetura e design, inquieta e adepta de projetos DIY.

Um comentário:

  1. Hola Eli yo no conozco Paraguy y me para e muy buenos sus consejos se compras!, que tenga una óptima semana

    ResponderExcluir

Que bom receber sua visita, sinta-se a vontade para voltar e comentar sempre que desejar.
Eu respondo as perguntas aqui no blog, para receber a notificação da resposta você pode clicar na opção abaixo do seu comentário.